O papel da ponte rolante na movimentação de cargas

O mundo industrial recorre constantemente ao uso das famosas pontes rolantes. A principal função do equipamento é a elevação de cargas, sendo ainda possível utilizá-las de forma fixa ou móvel. Ela permite que cargas de tamanhos consideráveis sejam movimentadas, dando também a possibilidade da aplicação de diversos dispositivos de segurança, o que evita acidentes com os usuários e inibe a quantidade de paralisações na operação da empresa.

Para a movimentação da carga na ponte rolante, um carro se locomove por meio de um eixo transversal, fazendo o objeto ser levado de um lado ao outro. Apesar disso, é claro que podem ocorrer casos de pontes rolantes em que sua estrutura funcione de uma outra maneira.

As pontes são classificadas conforme sua frequência de uso e capacidade de carga, visto que setores diferentes produzem demandas de utilização diferentes. É fundamental que as pontes sejam montadas e preparadas de forma que respeite o trabalho que ela está prestes a exercer.

Cabos de aço de alta performance para ponte rolante

Uma situação que pode ser comum dentro do setor de produção de diversas empresas é a constante paralisação da operação por conta do mau uso dos cabos de aço aplicados na ponte rolante. Além disso, um grande risco que existe é a possibilidade da ocorrência de acidentes derivados dessa má utilização.

Para evitar esse pacote de problemas, devemos estar atentos aos materiais corretos necessários para essa aplicação.

Indicamos os cabos de aço de alta performance, por conta de sua maior resistência e desempenho para esse tipo de atividade.

Especificando o cabo de aço para ponte rolante

Normalmente, a especificação de cabo de aço mais indicada para aplicação em determinada ponte rolante já é dada pelo fabricante do equipamento. Porém, caso essa informação não esteja clara, é recomendada a utilização de cabos bastante flexíveis, por conta do constante processo de enrolamento que o cabo sofre ao ser operado nesse tipo de máquina.

Dessa forma, cabos de aço com a maior quantidade de arames por perna tendem a performar melhor nas pontes rolantes.

O maior problema na especificação de um cabo de aço para pontes rolantes é definir qual a torção correta desse cabo, visto que isso determina como ele será preso e enrolado no tambor.

Algumas pontes rolantes trabalham com um único lance de cabo, e nesses casos é necessário que se observe a forma com que o cabo é enrolado no tambor, para que então se determine qual a torção correta. Porém, existem pontes rolantes que trabalham com dois lances de cabos, e dessa forma, se faz necessário que os lances tenham torções invertidas para que se estabilize o moitão de carga.

Por exemplo: se em um dos tambores o cabo necessita de torção à direita, o outro tambor geralmente vai trabalhar com cabos de torção à esquerda, e vice-versa.

Escolhendo a alma do cabo para ponte rolante

Como dito anteriormente, as empresas fabricantes das pontes rolantes costumam especificar as características do cabo de aço mais apropriadas para aquele equipamento em específico.

Porém, nem sempre isso acontece e, caso não haja uma especificação da empresa fabricante da ponte, há como nos atentarmos a alguns detalhes para determinar qual é a alma do cabo de aço que deve ser aplicado ali. Essa observação é feita no tambor de enrolamento.

Tambor de Enrolamento com canais de acomodação para os cabos: nesses casos, a alma do cabo pode ser de fibra ou de aço;

Tambor de Enrolamento sem canais de acomodação para os cabos: neste caso, obrigatoriamente, a alma deve ser de aço.

Deixe uma resposta

Seu email não irá aparecer na publicação.

*

After you have typed in some text, hit ENTER to start searching...

WhatsApp chat