CABO DE AÇO

Os cabos de aço estão presentes em diferentes equipamentos e estruturas, desde elevadores e redes de eletricidade, até andaimes e máquinas utilizadas na construção civil, porém mesmo profissionais gabaritados às vezes têm dúvidas sobre quando é preciso substituir um cabo de aço.

A Acro Cabos de Aço é especialista em fornecer cabos de aço e acessórios, como manilhas, esticadores, laços e mosquetões, e, por isso, tem conhecimento e experiência para fornecer detalhes e dicas sobre quando e como substituir um cabo de aço com segurança.

Periocidade para substituir um cabo de aço

Os cabos de aço são constantemente submetidos a um grande esforço, além de serem utilizados em ambientes potencialmente danosos, como elevadores que tencionam e soltam os cabos diversas vezes ao dia, ou máquinas que trabalham sob alta temperatura.

Por isso, não existe um período determinado para substituir um cabo de aço, pois ele irá variar de acordo com a intensidade e tipo de trabalho ao qual ele é submetido. Neste artigo mostraremos alguns exemplos de uso dos cabos e seus períodos aproximados de troca:

  • Elevadores

É comum que cabos de aço de elevadores tenham vida útil média de 15 anos, porém a depender da carga suportada por eles, em elevadores de máquinas e cargas, por exemplo, esse período pode ser reduzido entre 5 e 7 anos, o que demanda trocas mais frequentes;

  • Máquinas industriais

As máquinas industriais comumente ficam ligadas por longas horas, às vezes até sem intervalos e sob condições de alta ou baixa temperatura e em contato com agentes químicos, por isso as trocas de cabos de aço são feitas, em geral, a cada 10 anos;

  • Cabos elétricos

Até hoje muitos cabos usados em redes de eletricidade são de aço. Neste caso, é comum que seja necessário substituir um cabo de aço a cada 20 ou 25 anos de uso. Porém, curtos circuitos podem danificar os cabos em apenas 4 segundos, o que irá demandar sua troca imediata.

Mais segurança nas operações

Não é porque um cabo de aço possui longa vida útil que ele não deve ser vistoriado. Como apontado, situações atípicas, como curtos circuitos, sobrecargas e mesmo condições de temperatura muito acima ou abaixo do normal podem reduzir sua durabilidade.

O mais indicado, portanto, é incluir a inspeção dos cabos nas rotinas de manutenção para identificar a ocorrência de anomalias e a necessidade de troca. Isso evita que máquinas e equipamentos ofereçam quaisquer tipos de risco ou sofram panes e paradas.

Por fim, os cabos usados devem ter sido fabricados de acordo com o instituído pelas normas de segurança, como as NBR, e adquiridos por meio de um fornecedor experiente e com sólida reputação no mercado, como é o caso da Acro Cabos de Aço.

A Acro Cabos de Aço tem mais de 20 anos de experiência e atua em todo o território nacional suprindo os estoques de indústrias dos mais variados segmentos, empresas de construção civil e de assistência técnica, tudo com preços competitivos e catálogo diversificado de produtos, serviços e equipamentos.

Compartilhe!

After you have typed in some text, hit ENTER to start searching...

EnglishPortugueseSpanish
WhatsApp chat